Arquivo de etiquetas: bioenergia

BIOENERGIA

A bioenergia é energia contida em organismos biológicos vivos ou vivos recentemente(uma definição que especificamente exclui combustíveis fósseis). As plantas obtêm a bioenergia através da fotossíntese, e os animais obtêm-na consumindo plantas. O material orgânico que contém bioenergia é conhecido como biomassa.

Os seres humanos podem usar esta biomassa de muitas maneiras diferentes, através de algo tão simples como a queima de madeira para o calor, ou tão complexo como modificando geneticamente bactérias para criar etanol celulósico. Uma vez que quase toda a bioenergia pode ser rastreada até a energia da luz solar, a bioenergia tem a grande vantagem de ser uma fonte de energia renovável. No entanto, é importante que a bioenergia seja aproveitada de forma sustentável.

A bioenergia é a forma mais utilizada de energia renovável no mundo. Usada em todos os países há séculos, a bioenergia atualmente fornece mais de 15% do suprimento de energia do mundo. A bioenergia é derivada aproveitando os fluxos de energia coletados pelos coletores solares da natureza. É esta capacidade de armazenamento natural da vida orgânica que diferencia a bioenergia de outros tipos de energia renovável.

BIO APLICAÇÕES DE TECNOLOGIA ENERGÉTICA:

  1. BIOCOMBUSTÍVEIS

    Convertendo a biomassa em combustíveis líquidos para transporte. Ao contrário de outras fontes de energia renováveis, a biomassa pode ser convertida diretamente em combustíveis líquidos – biocombustíveis – para nossas necessidades de transporte (carros, caminhões, ônibus, aviões e trens). Os dois tipos mais comuns de biocombustíveis são o etanol e o biodiesel.

    O biodiesel é feito pela combinação de álcool (geralmente metanol) com óleo vegetal, gordura animal ou gorduras recicladas. Pode ser utilizado como um aditivo para reduzir as emissões dos veículos (normalmente 20%) ou na sua forma pura como um combustível alternativo renovável para motores diesel. Outros biocombustíveis incluem metanol e componentes de gasolina reformulados. O metanol, comumente chamado de álcool de madeira, é atualmente produzido a partir de gás natural, mas também pode ser produzido a partir de biomassa. Há uma série de maneiras de converter a biomassa em metanol, mas a abordagem mais provável é a gaseificação. A gaseificação envolve a vaporização da biomassa a altas temperaturas, depois remoção de impurezas do gás quente e passagem através de um catalisador, que o converte em metanol.

  2. BIO ELETRICIDADE

    biomass-gasificationQueimar a biomassa diretamente, ou convertê-la em um combustível ou um óleo gasoso, para gerar eletricidade. Há seis tipos principais de sistemas de bioenergia: Queima direta, incineração, gaseificação, digestão anaeróbia, pirólise, e  modular. A maioria das Plantas  de Bioenergia no mundo usam sistemas de queima direta. Eles queimam matérias-primas bioenergéticas para produzir vapor. Este vapor é geralmente capturado por uma turbina e um gerador, que por sua vez, converte energia cinética em energia elétrica. Em algumas indústrias, o vapor da usina também é usado para processos de fabricação ou para aquecer edifícios. Estes são conhecidos como instalações combinadas de calor e energia. Por exemplo, os resíduos de madeira são frequentemente utilizados para produzir eletricidade e vapor nas fábricas de papel. No brasil vem crescendo a utilização de resíduos agrícolas (bagaço de cana , podas de árvores, etc) como biomassa na produção de energia elétrica.

    Muitas usinas a carvão podem usar sistemas de Incineração para reduzir significativamente emissões, especialmente emissões de dióxido de enxofre. A co-operação envolve o uso de matérias-primas bioenergéticas como fonte suplementar de energia em caldeiras de alta eficiência. Os sistemas de gaseificação usam altas temperaturas e um ambiente com falta de oxigênio para converter a biomassa em gás (uma mistura de hidrogênio, monóxido de carbono e metano).

  3. BIO PRODUTOS

    Bio Produtos
    Convertendo biomassa em produtos químicos para a fabricação de produtos que normalmente são feitos a partir de petróleo. Independentemente dos produtos que podemos fazer a partir de combustíveis fósseis, podemos fazer usando a biomassa. Estes bio produtos, ou produtos de base biológica, não são apenas feitos a partir de fontes renováveis, eles também muitas vezes exigem menos energia para se produzir do que os produtos à base de petróleo. Pesquisadores descobriram que o processo de fabricação de biocombustíveis – liberando os açúcares que compõem amido e celulose em plantas – também pode ser usado para fazer anticongelante, plásticos, colas, adoçantes artificiais e gel para pasta de dentes.

    Outros blocos de construção importantes para bio produtos incluem monóxido de carbono e hidrogênio. Quando a biomassa é aquecida com uma pequena quantidade de oxigênio presente, estes dois gases são produzidos em abundância. Os cientistas chamam esta mistura de gás de biossíntese. O gás de biossíntese pode ser usado para fazer plásticos e ácidos, que podem ser usados na fabricação de filmes fotográficos, tecidos e tecidos sintéticos. Quando a biomassa é aquecida na ausência de oxigênio, ela forma óleo de pirólise. Um produto químico chamado fenol pode ser extraído do óleo de pirólise. O fenol é usado para fazer adesivos de madeira, plástico moldado e isolamento de espuma.

     

Continuar a lerBIOENERGIA